As diversas aplicações dos Fitoterápicos

Os fitoterápicos se expandiram no mercado e hoje podem ser direcionados para uma variedade de tratamentos. Conheça alguns deles abaixo

A fitoterapia consiste em qualquer preparação farmacêutica (extratos, tinturas, pomadas e cápsulas) que utiliza partes de plantas como folhas, caules, raízes, flores e sementes como matérias-primas com propriedades farmacológicas conhecidas e efeitos.

Ao longo dos anos foi demonstrado que seu uso pode ajudar a combater doenças infecciosas, distúrbios metabólicos, doenças alérgicas e traumas diversos. Abaixo estão algumas das situações em que essa classe de medicamentos tem se mostrado eficaz e com efeitos satisfatórios.

Depressão e ansiedade

De acordo com o Departamento de Saúde (MOH), a depressão difere das mudanças de humor usuais e respostas emocionais de curto prazo aos desafios da vida. Especialmente se for de longa duração e de intensidade moderada ou grave, pode se tornar uma condição de saúde grave que causa grande sofrimento e disfunção, seja no trabalho, na escola ou na família.

Esta é uma doença que representa a maior causa de suicídio no mundo, observa a psicóloga da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, Maria Cristina Oda, acrescentando que entre os principais sintomas estão alterações de humor, apatia, solidão, isolamento social, falta de vontade de agir e Fadiga. As causas podem ser múltiplas e vão além da genética.

O individualismo e a falta de relacionamentos pessoais – nos quais há trocas afetivas – são fatores que contribuem para o aumento da depressão e da ansiedade na população, comenta o psicanalista. e Mestre em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e Associada Zen Club, Claudia Livingston Ades.

Por outro lado, quando a ansiedade é generalizada, as manifestações não são na forma de ataques, nem estão relacionadas a situações específicas. Eles estão presentes na maioria dos dias e por longos períodos de muitos meses ou anos.

O principal sintoma é a antecipação ansiosa ou preocupação excessiva. A pessoa afetada costuma estar muito preocupada*.

Má concentração, irritabilidade, falta de sono ou comer demais para derivar emoções da comida são sintomas característicos.

No entanto, para casos mais leves de depressão ou ansiedade, de acordo com o especialista em BP, os fitoterápicos mostraram um efeito muito satisfatório.

Ingredientes ativos como valeriana, maracujá e erva de São João mostraram excelentes resultados. Mas é importante que esses fitoterápicos venham de laboratórios com o selo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e que sejam usados ​​sob supervisão médica, também para evitar o risco de interações medicamentosas, alerta a psicóloga.

Emagrecimento

Hoje inúmeros brasileiros buscam fórmulas para emagrecer. Muitas pessoas querem soluções rápidas para o excesso de peso, mas sem mudanças comportamentais. Eles ainda querem uma dieta pobre em fibras, pobre em vegetais e rica em gordura, sem açúcar, álcool e sem exercícios. Por isso, esse público costuma buscar fórmulas milagrosas para obter resultados, comenta a nutricionista e presidente da Associação Paulista de Fitoterapia (APFit), Vanderli Marchiori.

No entanto, a nutricionista esclarece que milagres não existem. Há uma série de medicamentos que podem ajudar a atingir esses objetivos, mas as mudanças no estilo de vida são fundamentais para resultados satisfatórios. Junto com a medicação, os usuários devem praticar a reeducação alimentar e combiná-la com a prática de atividade física, afirma.

Os medicamentos que podem ajudar as pessoas que precisam de perda de peso incluem medicamentos fitoterápicos. Temos grupos específicos de fitoterápicos para cada efeito que você deseja ter. Os mais usados ​​são os lipolíticos, que envolvem agentes capazes de quebrar as moléculas de gordura presentes no corpo. Nesta categoria podemos citar a erva-mate; e a casca de laranja amarga, por exemplo, explica.

Além disso, a nutricionista afirma que essas substâncias também ajudam a diminuir a captação de glicose ou a reduzir a resistência à insulina. Outras substâncias que podem ajudar nessa ação são o extrato de chá verde, que diminui a absorção de glicose no organismo; Extrato de feijão, que inibe a absorção de carboidratos e, portanto, pode ser um ótimo adjuvante, diz ele, acrescentando que os resultados da perda de peso dos medicamentos fitoterápicos são altamente dependentes do diagnóstico correto que leva à obesidade. Portanto, a substância certa depende da correção da causa do ganho de peso. Esses medicamentos devem ser usados ​​sob a orientação de um médico ou nutricionista, conclui.

Estresse e insônia

Todo mundo tem estresse. Afinal, é a resposta natural do corpo a uma ameaça externa, de acordo com o especialista em gerenciamento de tempo e produtividade e CEO da TriadPS, Christian Barbosa.

Desde o tempo das cavernas, o estresse trabalhou para o bem do homem, porque como o homem teve que caçar, o estresse preparou seu corpo para ter mais foco e mais reflexos. Quando é cronometrado, o estresse é positivo. O grande problema é que hoje em dia é tão comum que sobrecarrega o corpo e faz mal à saúde, pondera.

Outra situação que pode levar ao estresse é a qualidade do sono. A insônia não é uma doença. É um distúrbio que afeta a qualidade do sono. Quando a mente não consegue descansar durante o sono, a pessoa afetada tende a se sentir cansada, exausta, irritada, sem energia e foco, reduzindo a produtividade e a qualidade de vida. Os efeitos são cumulativos, adverte.

Má circulação

Segundo o especialista, as causas que levam à insuficiência venosa nos membros inferiores ainda não estão totalmente esclarecidas. O que temos é a identificação de algumas das alterações nos tecidos biológicos que foram identificadas nas varizes. O mais importante é o colágeno, que está presente na camada média da parede da veia. Essa fraqueza é herdada geneticamente e pode pular algumas gerações. No entanto, para que a parede da veia se expanda com o aparecimento das varizes, outros aspectos são importantes, como o estilo de vida da paciente, lembra.

Por isso, fatores como falta de exercícios, obesidade, uso dos anticoncepcionais desempenham um papel e até a gravidez enfraquece ainda mais a parede da veia e acelera o aparecimento de varizes.

Se o problema estiver na fase inicial, a dilatação inicial dos vasos na pele dos membros inferiores causa desconforto estético devido ao aparecimento de pequenos vasos avermelhados ou veias azuladas. No entanto, à medida que a estrutura avança, outros problemas podem surgir.

Os sintomas podem incluir edema (principalmente à tarde e perimens), peso ou fadiga, coceira e, em casos mais avançados, até alterações na pigmentação da pele (dermatite ocre), fibrose e úlceras, acrescentou o Dr. pode fazer com que os pacientes se tornem incapazes de realizar, pois não conseguem ficar em pé com os membros inferiores abaixados ou ficar parados por longos períodos de tempo.

Medicamentos fitoterápicos são usados ​​para tratar essas condições são aliados dos médicos, conforme indicado por médico vascular do Hospital Santa Paula. Esses medicamentos são usados ​​para melhorar os sintomas, prevenir complicações em situações de alto risco e acelerar a recuperação do paciente durante as fases pré e pós-operatórias dos tratamentos cirúrgicos, diz.

Segundo ele, os fitoterápicos reduziram sintomas como inchaço, peso, fadiga e, em menor grau, coceira relatada por alguns pacientes, principalmente em temperaturas mais baixas. Há também importante efeito adjuvante no tratamento e fechamento de úlceras venosas de membros inferiores; e melhora dos fatores inflamatórios na parede da veia.

Memória

É difícil encontrar alguém que esteja perfeitamente feliz com sua memória. Embora o esquecimento faça parte da vida cotidiana, ninguém ficará desapontado com esse tipo de traição cerebral que pode ocorrer nos momentos mais inoportunos.

Os medicamentos fitoterápicos podem ser usados ​​para alguns tipos de problemas de memória. No entanto, a prescrição deve ser individualizada e feita após análise criteriosa do caso, que é determinante para a indicação, com a escolha da melhor substância ativa, da dosagem e duração do tratamento ou contraindicação.

In Em Casos de problemas de memória relacionados ao estresse, ansiedade e medo podem ter bons resultados com fitoterápicos, ajudando a controlar essas condições e melhorando a capacidade de memória, diz Neiva.

Prisão de ventre

A doença é causada por uma série de fatores, principalmente má alimentação, hábitos sedentários e postura anormal. Com mais ou menos frequência, também pode ocorrer em pessoas que não têm um horário regular de evacuação, levando à perda do reflexo intestinal ao longo dos anos, levando à prisão de ventre, diz a nutricionista. em Doenças Crônicas Degenerativas pelo Instituto de Pesquisa e Ensino do Hospital Israelita Albert Einstein, Elaine de Pádua.

Fazer refeições com baixo teor de fibras e pessoas que bebem menos de um litro ou 1,2 L de água por dia sofrem de constipação, ele diz, ressaltando que muitos brasileiros já sofreram com esses sintomas.

A população está comendo cada vez pior, com um cardápio escasso de verduras, frutas e legumes. As pessoas que não praticam exercícios também são propensas à constipação, acrescenta.

Para serem usados ​​com sucesso e sem riscos, é importante que esses produtos sejam usados ​​com a recomendação de um médico ou nutricionista, pois o excesso pode causar diarreia e, assim, prejudicar a absorção do corpo de vitaminas e minerais.